Monetização: quais são as plataformas mais relevantes?

Created with Sketch.

Monetização: quais são as plataformas mais relevantes?

celular e dinheiro

Monetização significa tornar algo lucrativo. Mas você sabia que é possível monetizar plataformas na internet? Sim, você consegue ganhar dinheiro por meio de plataformas digitais, como o YouTube, Instagram, além de sites e blogs. Algumas plataformas podem render mais do que outras, e é sobre isso que falaremos aqui.

Como funciona a monetização?

No caso de ser um site ou um blog, basicamente a monetização mais fácil vem de anúncios. Além disso, também existem os ganhos por cliques, onde a cada número x de cliques o dono do site ganha uma quantia. É preciso prestar atenção, porque em algumas situações, o valor só é pago se essa visita gerar uma compra do produto anunciado no seu site.

A monetização nas redes sociais

O YouTube foi uma das redes que estourou há alguns anos quando o assunto é monetização. A rede paga um valor dependendo do número de visualizações e cliques nos anúncios que aparecem nos vídeos postados pelos usuários. Claro que esse canal do YouTube precisa ter um número mínimo de inscritos, e o pagamento funciona também a cada x número de visualizações. Uma dica legal é ter um canal bem atraente e principalmente ativo, com conteúdo otimizado e original.

No Facebook também é possível fazer uma monetização, mas funciona um pouco diferente do YouTube. Também existem algumas regras que é preciso seguir para começar a monetizar sua página, como ter pelo menos 10 mil likes e vídeos com mais de três minutos assistidos por 30 mil minutos. Fora isso, também é possível exibir os anunciantes do Facebook na Audience Network. Dessa forma, você pode anunciar no seu site, por exemplo.

Já o Instagram é um grande queridinho da monetização. Como a maior parte dos usuários já sabe, é preciso ter ao menos 10 mil seguidores para poder fazer a famosa “parceria paga”. Claro que quanto mais seguidores você tiver, melhor vai ser para a monetização, já que você tem mais chances de vender o produto dessa parceria.

Pelo Instagram, você funciona como uma “vitrine” para os anunciantes. Para saber como precificar essa parceria, você pode entrar em contatos com outros influenciadores para ter uma noção de base. Essa é a maneira mais fácil de monetização no Instagram, principalmente se você tem bastante seguidores.

Um bom exemplo disso é quando vemos alguns stories de influenciadores apresentando uma marca e oferecendo um cupom aos seus seguidores para usar na loja dessa marca. E aqui vai um segredinho: geralmente, quando é feita uma compra com esse cupom, o influenciador ganha os 10% para ele, como se fosse uma comissão.

Mídia kit

Para organizar melhor seus preços, talvez seja bom ter um mídia kit. Ele funciona como se fosse um portfólio da marca ou do seu perfil pessoal, e ajuda bastante na hora de oferecer seu espaço digital para anúncios.

Nele, é preciso ter todas as informações de acesso ao seu site, blog ou redes sociais. E com isso podemos citar o número de seguidores, quantas pessoas acessam o site por dia, o tipo de público que acompanha, entre várias outras coisas, e principalmente o porque vale anunciar com você.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.